Patagon M&A - Educação - Por que a Afya está levantando mais capital?




A Afya acaba de anunciar um follow-on para captar cerca de US$ 340 milhões ao preço de tela, com três quartos do total indo para o fundo Crescera (ex-Bozano, ex-BR Investimentos), que criou a holding de faculdades de medicina há três anos.


A oferta — que vem algumas semanas depois do CFO da companhia anunciar que está de saída — surpreendeu o mercado porque a empresa ainda não alocou todo o capital que levantou em seu IPO na Nasdaq, em julho passado.


“A empresa havia levantado R$ 1 bilhão no IPO dizendo que ia comprar mil vagas de medicina com isso. Por enquanto, eles só compraram 350, gastando cerca de 40% a 50% dos recursos,” diz um analista.


A oferta primária está gerando especulação de que a empresa pode estar enxergando uma grande aquisição.


“Até agora, a Afya está comprando só players pequenos. Se quiser comprar alguém grande vai precisar de mais dinheiro,” diz um analista.


Os alvos mais prováveis?


A Unigranrio, que recentemente voltou ao mercado e tem 308 vagas de medicina, e a Anhembi Morumbi, que tem 370 vagas de medicina e pertence ao grupo Laureate.


A Afya opera três negócios. Além da NRE Educacional, que responde por 80% da receita e é onde estão as faculdades de medicina, a companhia também é dona da MedCel, um curso preparatório para residência médica 100% online, e da IPEMED, que oferece cursos de especialização para depois da residência.


Leia mais em: https://braziljournal.com/por-que-a-afya-esta-levantando-mais-capital

Posts Em Destaque
Ainda não há posts publicados nesse idioma
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square