Patagon M&A - Saúde - Com saída de Notredame, hospital Renascença, em Osasco, está à venda

O Hospital Renascença, de Osasco, que estava arrendado para a operadora NotreDame Intermédica, está à venda. A unidade era alvo de negociação junto aos proprietários e fundadores, a família Cury, e a operadora, mas as conversas não prosperaram. A NotreDame, que chegou a mencionar o hospital no prospecto da sua abertura de capital, em abril último, deixou a unidade no início do mês. Dentre os possíveis interessados no ativo, estão exatamente os concorrentes da operadora, tais como a Amil, controlada pela gigante americana UnitedHealth, e a Rede d’Or, da família Moll, do fundo soberano de Cingapura (GIC) e da gestora de private equity Carlyle.

Valuation

Apesar de a baixa do Renascença reduzir a rede de “hospitais próprios”, a NotreDame conta ainda com o Cruzeiro do Sul, adquirido no ano passado, na região de Osasco, e que fica a 300 metros da unidade fechada. Em fevereiro, inclusive, uma reforma foi concluída para a sua ampliação e a capacidade atual é de 140 leitos, o dobro do Renascença. Por outro lado, a venda do ativo abre uma oportunidade para a concorrência, visto que não há unidades similares na região. Com 77 leitos, o Renascença foi fundado pelo Dr. Faisal Cury. Procurados, os fundadores do Renascença não comentaram.

Posts Em Destaque
Ainda não há posts publicados nesse idioma
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square