Patagon M&A - Startup - Agtech recebe aporte de R$ 5 milhões

O Fundo FIMA, criado pelo BNDES e gerido pela Inseed Investimentos, anuncia aporte de R$5 milhões na Smartbreeder,empresa especialista em desenvolvimento e comercialização de Sistemas Inteligentes de Manejo Integrado de Culturas. O negócio oferece soluções para culturas de cana-de-açúcar, grãos e florestas.

“O Fundo INSEED Fima é voltado para empresas do setor de tecnologias limpas que apostam no desenvolvimento de uma economia de baixo impacto ambiental, ou que desenvolvam inovações para favorecer o desenvolvimento de ciclos produtivos sustentáveis“, explica Alexandre Alves, General Partner da Inseed Investimentos.

No caso da Smartbreeder, a empresa é proprietária da Plataforma de Software como Serviço (SaaS) Smartbio, que possibilita o desenvolvimento de sistemas de suporte à tomada de decisão (DSS) através do processamento inteligente de milhões de dados e modelos matemáticos. O objetivo é otimizar a performance e a gestão do manejo de culturas agrícolas, racionalizando o uso dos insumos, reduzindo custos e aumentando a produtividade das áreas cultivadas, em favor do agronegócio mais sustentável.

Segundo Alves, o aporte na Smartbreeder será direcionado para capital de giro, sustentação da expansão da operação em cana de açúcar, escalonamento da tecnologia para soja e novas culturas, estruturação de equipe comercial, estratégias de marketing e pesquisa.

Com sede em Piracicaba, dentro do AgTech Valley, e filial em Adamantina, a Smartbreeder atua na área de agribusiness intelligence e já está presente em 2 milhões de hectares, integrando o conhecimento agronômico com big data mining, computação cognitiva e armazenamento e processamento de dados em nuvem (cloud computing).

“Como diferencial, a empresa atua em todas as etapas dos sistemas de suporte à tomada de decisão, desde a coleta de dados, passando pela previsão de zonas de risco, até a indicação do momento ideal de uso de cada insumo agrícola, criando e gerenciando grupos de manejo inteligente. Em outras palavras, a missão do Smartbreeder é definir e promover a execução da estratégia mais racional, econômica e ambientalmente correta para o manejo de culturas agrícolas e florestais. O resultado é uma maneira mais eficaz, sustentável e lucrativa de manejar o cultivo, evitando perdas e aumentando a economia em logística de aplicação”, explica Éder Giglioti, fundador e CEO da empresa.

Giglioti acrescenta ainda que a Plataforma Smartbio utiliza conhecimentos da biologia, física, medicina, estatística e inteligência artificial, num conjunto de tecnologias digitais aplicadas.

Posts Em Destaque
Ainda não há posts publicados nesse idioma
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square