Patagon M&A - Latam - Fusões e aquisições: fevereiro de 2016 teve atividades desaceleradas no Br


A Merrill Corporation em parceria com a consultoria Mergermarket, disponibiliza o relatório mensal com o panorama da indústria de M&A no Brasil, América Latina e no mundo no mês de fevereiro.

Fevereiro, um mês tradicionalmente lento em termos de e aquisições na América Latina, foi ainda mais desacelerado do que o habitual em 2016. Com apenas 16 negócios anunciados, os valores somaram US$ 456 milhões, correspondendo a 0,2% de participação do mercado internacional. Os valores deste ano também resultaram no mês de fevereiro mais morno da região com um baixo recorde de cinco negócios no valor de US$ 428 milhões em 2002 e uma queda de 60,7% em comparação aos 26 negócios no valor de US$ 1,2 bilhão em fevereiro de 2015.

A atividade de private equity foi quase inexistente: nem uma única aquisição de controle de empresa em fevereiro deste ano e apenas um desinvestimento, a venda da brasileira Moip Pagamentos SA pela brasileira IdeiasNet SA para a Wirecard AG, com sede na Alemanha, por US$ 36 milhões.

Nos meses de janeiro e fevereiro de 2013 foram contabilizados US$ 134 milhões. Os anos de 2015 e de 2013 se recuperaram nos trimestres seguintes e encerraram com US$ 5,6 bilhões e US$ 8,5 bilhões, respectivamente. O ano de 2014 teve início com o valor combinado de US$ 2,9 bilhões em aquisições do controle de empresas por fundos de private equity em janeiro e fevereiro e chegou ao final do exercício com US$ 8,3 bilhões. É possível que o lento início da atividade de private equity em 2016 não resulte em um ano fraco.

O setor de Serviços conquistou a principal posição na América Latina, uma honraria dúbia, visto que apenas duas transações foram anunciadas no mês, e somente uma teve o valor divulgado, totalizando US$ 128 milhões – quase metade dos US$ 252 milhões do setor em fevereiro de 2015 para três negócios. Energia, Mineração e Utilities (EMU), um setor em geral influente, obtiveram apenas 1,8% de participação do mercado regional com uma transação no valor de US$ 8 milhões, o que correspondeu a uma queda profunda de 98,2% frente às quatro transações no valor de US$ 432 milhões realizadas em fevereiro de 2015. Este fraco desempenho de EMU contribuiu, em parte, para a atividade lenta na região.

PANORAMA GLOBAL

As fusões e aquisições globais deram sinais de desaceleração no início deste ano, depois do ritmo frenético de negócios registrado no ano passado. Em fevereiro de 2016 os valores globais caíram 11,2%, para US$ 211,7 bilhões, comparativamente a US$ 238,5 bilhões em fevereiro de 2015, enquanto o volume baixou de 1.371 de transações para 927. A exceção foi a Europa, um alvo atraente para fusões e aquisições inbound com avaliações de transações pós-crise interessantes e taxas de imposto de renda sobre empresa relativamente favoráveis, resultando no aumento de 8,8% em valor, para US$ 84,1 bilhões.

Para mais informações acesse o relatório completo em:

https://www.merrillcorp.com/gatedform/monthly-ma-insider-march-2016?ls=Public_Relations&cid=7011A0000016C46QAE

Sobre a Merrill Corporation

A Merrill Corporation oferece plataformas de tecnologia para compartilhamento seguro de conteúdo como em processos de fusões aquisições de empresas ou em processos de auditoria, para comunicações regulamentadas e outros tipos de demanda serviços de conformidade. Os clientes confiam nas soluções inovadoras da Merrill e em seu profundo conhecimento no desenvolvimento de soluções de compartilhamento de informações confidenciais, financeiras e críticas e em sua expertise para criar soluções personalizadas para as partes interessadas. Com mais de 3.800 funcionários em 47 locais espalhados pelo mundo, a Merrill é procurada por clientes que necessitam de gestão de conteúdo complexo, colaboração e de compartilhamento seguro ao redor do mundo.

Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square